domingo, 15 de novembro de 2009

Súbito




Foi um salto tão alto que, por um momento, pensou estar voando...
Sentiu o ar congelar os seus pensamentos.
Sabia que não poderia continuar.
Mas nem por isso se deixou abater....
Já era tarde demais para fingir que não gostava!
Aquele gosto de liberdade tocava a sua face como uma brisa...
Foi então que percebeu: a mudança havia sido áspera demais,
o lugar de onde partiu já não existia mais!



Ana Claudia Machado



1 comentários:

Zaíra disse...

Suas fotos são sempre uma delicadeza.

Adoro as bailarinas.